quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Oração

1. Ë indispensável na conversão.

2. Um não cristão pode orar, mas um cristão não pode viver sem oração – Rm 8.15.

3. Muitos fazem muitas coisas movidos de falsos motivos. Porém, falsos motivos não nos conduzem a oração – Não nos tornam íntimos de Deus – Mt 7.21 a 23.

4. Em cesto sentido oração é trabalho. O pecado nos deixa preguiçosos. O renascimento produz em nós desejo de comunhão. Agora a carne milita contra o Espírito.

5. Quando oramos de forma incorreta, não sabemos sobre o que orar, não temos as palavras o Espirito corrige. Instrui, inspira Rm 8.26,17 -. Mas, não podemos negligenciar a oração.

6. A oração é a força que impulsiona a santidade.

7. A negligencia na oração produz estagnação na vida cristã – Lc 22.39-62.

8. Devemos estar em um contínuo estado de comunhão com o Pai – 1 Ts 5.17.