quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Diversão: Posso ou Não

Num mundo onde tudo é permitido os cristãos tem dificuldade de distinguir certo e errado. Os crentes tem dificuldade de entrar em acordo quanto ao que é licito e o que não é.

A tecnologia e as transformações tem feito as pessoas pensarem que os conceitos do passado estão obsoletos.

A Bíblia não se ocupa em dar “regrinhas” especificas para cada momento de nossas vidas e para cada situação e por isso muitos pensam ser ela um livro obsoleto. A Bíblia não nos dá regras para cada situação, mas, preceitos, princípios que norteiam nossas escolhas.

Cada um de nós é responsável por suas decisões. Deus nos dá a Sua Palavra para que a obedeçamos, nos dá liberdade, responsabilidade e espera que cada um tenha sua opinião – Rm 14.12.

O filho de Deus só deve fazer algo quando tem a certeza de que aquilo é aprovado por Deus. Quando faço algo sem a certeza da aprovação de Deus peco.

Conceitos importantes para quem crê:

Deus – Existe, é fonte do “bem”. Quem crê nele sabe que existe o “certo”. Ele nos criou com desejo e capacidade de nos movimentarmos, brincar, rir, criar, descobrir, movimentar e apreciar, além de trabalhar.

Satanás – Existe. Ele é a fonte do “mal”. O que ele nos sugere é o “errado”. Pode se transformar num “Anjo de Luz” e fazer de tudo para nos enganar e tornar o pecado atraente. Ele procura conhecer nossas fraquezas e prepara as suas armadilhas.

Bíblia – É a pura verdade. Contém as diretrizes necessárias para as nossas vidas. Nela encontramos exatamente o que Deus permite e o que Deus proíbe.

Permissões – “dominar” e “usufruir” de todas as coisas (Hb 2.8). Mas é preciso assegurar que procuremos:

· Propósito de vida – 1Co 10.31;

· Pensamentos disciplinados – Fp 4.8;

· Pureza – 1Ts 4.3-7;

· Presença de Deus – Pv 15.3;

· Piedade – 1Tm 6.6.

Proibições:

· Profanação – 2Tm 2.16-17;

· Palavrões e palavras obscenas – Cl 3.8;

· Perversidade – Pv 4.24;

· Promiscuidade, prostituição e pornografia – 1Co 6.9; Dt 7.26;

· Paixões “carnais” – 1Pe 4.2 e 3;

· Práticas de feitiçaria – Gl 5.20 e 21;

· Perigos desnecessários – Fp 1.20;

· Passatempos violentos – Rm 13.9;

Em alguns casos, e algumas vezes, coisas permitidas devem ser evitadas. As vezes pecamos fazendo algo que não é pecado em essência – 1Co 10.23 - . Em que ocasiões o filho de Deus deve se abster?

· Persistência de dúvidas – Rm 14.23;

· Quando quebra a primazia divina – Fp 4.4; Sl 1.1-2;

· Quando não prioriza o próximo – Rm 14.7; 1Co 10.32;Mc 9.42;

· Quando atiça o preconceito do mundo – 1Co 10.27-28;

· Quando os pais se opõem – 1Co 3.20;Ex 20.12;

· Quando os participantes tem mal testemunho – 2Co 6.15-16; Ef 5.7;

· Quando o preço é proibitivo – 1Tm 6.18;

· Quando se tem problemas com o domínio próprio – Mt 5.20;

“As escolhas corretas se baseiam no amor – ao nosso querido Pai celestial, aos pais, ao próximo e a nós mesmos.” – Gl 5.13.