sábado, 22 de novembro de 2008

O Culto Doméstico

O Culto Doméstico é o que tributamos a Deus em casa. É sempre muito difícil fazer esse culto, mas são grandes os benefícios que deles tiramos:
a) Conserva-nos em comunhão com Deus, em família. Nenhum quadro mais edificante há, mais belo do que o culto doméstico. Numa hora determinada, o chefe da casa (ou uma pessoa por ele designada) lê uma porção da Palavra de Deus; canta-se um hino; faz-se oração; agradecem-se ao Pai as bênçãos recebidas e pede-se sua direção.
b) O Culto Doméstico é um dos meios de educar as crianças nas verdades do Evangelho (Dt 6.6,7). Tremendas são as responsabilidades dos pais quanto à educação de seus filhos. Principalmente dos pais crentes. No Culto Doméstico, estão estes cumprindo as importantes promessas que fizeram, por ocasião de batizar os filhos, pois estão “orando com eles e por eles”. Dizemos um dos meios, porque há outros meios como a Escola Dominical, os cultos públicos, os conselhos e a vara de correção. O Culto Doméstico vale como um exemplo que jamais se apagará da memória dos filhos.
Rev. Ludgero Braga
É imperativo que a Igreja redescubra e pratique o culto doméstico.
Você pai ensina seu filho:
- A comer alimentos que fazem bem para o corpo e deve ensiná-los a se alimentar da Palavra para sua saúde espiritual;
- A exercitar-se para fortalecer os músculos. Ensine-o as disciplinas espirituais para fortalecer a alma;
- A falar para se comunicar. Ensine-o a falar das verdades eternas;
- A trabalhar para ganhar seu salário. Ensine-o a trabalhar por Cristo para ser galardoado;
- A ir à escola para ter instrução. Leve-o a Igreja para que ele atinja a perfeita varonilidade;
- A não aceitar nada de estranhos. Ensine-o intimidade com Jesus para que ele não receba maldições de Satanás;
- A não falar com desconhecidos. Ensine-o a orar para que não dê atenção à voz de falsos profetas e falsos mestres;
- A andar de bicicleta. Agora, gaste tempo ensinando-o a andar com Jesus;
- Ensinou-o a olhar para os dois lados antes de atravessar a rua. Ensine-o a olhar para Cristo para que não seja atropelado por este mundo e atravesse a vida em segurança...
Cumpra essa missão confiado em Jesus e prezando pelo culto doméstico. O que você investir nas gerações futuras você colherá a “trinta, sessenta e cem por um”.


Rev. Juberto Oliveira da Rocha Júnior