domingo, 23 de novembro de 2008

“Não diga tudo o que sabes. Não faças tudo o que podes. Não acredite em tudo que ouves. Não gaste tudo o que tens.
Por que:
Quem diz tudo o que sabe. Quem faz tudo o que pode. Quem acredita em tudo o que ouve. Quem gasta tudo o que tem.
Muitas vezes diz o que não convém. Faz o que não deve. Julga o que não vê. Gasta o que não pode”.