domingo, 23 de novembro de 2008

Não devemos deixar de considerar os seguintes fatos sobre Halloween:

1. Halloween transformou-se na mais importante celebração para a bruxaria e outras formas de ocultismo.
2. Esse dia é considerado o único dia do ano em que é possível pedir ajuda ao diabo, para muitos o “Senhor da Morte”. Por isso, esse dia tem um significado todo especial para os satanistas.
3. Nesse dia foram e continuam sendo realizados sacrifícios humanos pelos satanistas.
4. Participar das festas de Halloween pode levar a um envolvimento com o ocultismo ou induzir à abertura para coisas ocultas.
5. Na história, esse dia sempre foi considerado propício para todas as formas de adivinhação e invocação dos mortos.
6. Celebrar Halloween significa apoiar práticas pagãs e filosofias como a reencarnação, o animismo, o xamanismo e as doutrinas dos druidas.
7. Ocultistas usam esse dia para arrebanhar novos adeptos.
8. Todos os usos e costumes relacionados com Halloween têm suas raízes no paganismo e no ocultismo.
9. É estranho que essa data, que antecede os feriados católicos de “Todos os Santos” e “Finados”, lembra a doutrina antibíblica da permanência dos mortos no purgatório e as missas pelos mortos. Assim, vemos como é tênue a linha que separa práticas puramente pagãs de muitos usos de igrejas.
A Bíblia prediz com clareza que práticas desse tipo iriam aumentar e se expandir mundialmente nos tempos finais (1Timóteo 4.1; Apocalipse 9.21)
A festa de Halloween parece inocente, mas a realidade por trás dela é muito séria! Com brincadeiras, a humanidade é seduzida tornando-se receptiva a ensaios de demônios e sendo levada a endurecer seu coração diante de Deus. Na Bíblia somos exortados claramente a não permitir nenhuma mistura com práticas pagãs e a não nos envolver com o ocultismo (Deuteronômio 18.9; 1Tessalonicenses 5.22).
O apóstolo Paulo elogia os tessalonicenses por terem se afastado radicalmente de toda forma de idolatria quando se converteram (1Tessalonicenses 1.9-10).
Os efésios que se converteram a Jesus destruíram todos os seus livros de feitiçaria (Atos 19.18-20).
Jesus realizou uma salvação completa. Ele perdoa todos os pecados e liberta de todas as amarras malignas, pois tomou o poder daquele “que tem o poder da morte,... o diabo” (Hebreus 2.14). Jesus promete a vida eterna a todos os que crêem nEle. Quem ousa dar o primeiro passo em direção a Ele será tomado pela mão e conduzido pelo Senhor. Quem se achega a Jesus não precisa mais procurar ajuda no ocultismo, na adivinhação ou nos astros. Em Jesus encontramos a própria vida. Em Sua Palavra achamos orientação. Venha a Ele agora mesmo!


(Norbert Lieth – folheto www.chamada.com.br)