sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Como Ter Um Casamento Feliz




“Jardim fechado és tu, minha irmã, noiva minha, manancial recluso, fonte selada.” (Cantares 4:12).

                O casamento é uma fonte de felicidade ou a causa de uma grande dor de cabeça. Muitas pessoas que começam cheias de romantismo terminam o casamento com lágrimas e decepção. Esse, porém, não é o projeto de Deus em relação ao casamento. No livro de Cânticos dos Cânticos, Salomão fala sobre alguns princípios que pavimentam o caminho de um casamento feliz.
                O primeiro deles é o elogio (Cantares 4:7). Devemos ser pródigos nos elogios e cautelosos nas criticas.
                O segundo princípio é o romantismo (Cantares 4:9). Nossas palavras e ações precisam ser cheias de nobreza.  Quanto mais semeamos na vida do cônjuge, mais colhemos no casamento.
                O terceiro princípio é a expressão do amor (Cantares 4:10). O amor pode ser evidenciado em palavras, atos de serviço, tempo de qualidade, toque físico e generosidade.
                O quarto principio é a comunicação saudável (Cantares 4:11). A vida ou a morte do relacionamento passam pela comunicação. Podemos dar vida ou matar o relacionamento conjugal dependendo da maneira como nos comunicamos.
                O quinto princípio é a amizade (Cantares 4:12). Muitos casais dormem na mesma cama, mas não são amigos nem confidentes.
                Finalmente, o princípio da fidelidade (Cantares 4:12). Não há casamento saudável se os cônjuges não se respeitam nem são fiéis. Um casal feliz é aquele que pode dizer: “Eu sou do meu amado, e o meu amado é meu.” (Cantares 6:3).

Texto extraído do Devocional Gotas de Alegria para a Alma
Autor: Hernandes Dias Lopes