terça-feira, 22 de maio de 2012

PAZ


            O estado mais buscado ou desejado pelo homem. Ainda que você não saiba definir paz, uma coisa é indiscutível: VOCÊ QUER PAZ!
Quando se fala em paz, as pessoas pensam em campos verdejantes, roupas brancas, um estado de calma ou tranquilidade. Mas, como ter essa calma e tranquilidade se constantemente temos conflitos interiores?
Pensa-se muito em paz como uma ausência de perturbações, agitação. Se for assim, como teremos paz em um mundo tão frenético? Será que nunca teremos paz nessa sociedade tão alucinadamente acelerada?
O pensamento geral é o de que para haver paz é preciso, não haver violência, não haver notícias ruins, ter dinheiro, não haver contrariedade, estar tudo em absoluta perfeição na família e na sociedade... A lista das exigências humanas para a paz é tão grande que ela parece inatingível.
É importante frisar que não haverá paz entre as nações, paz social, se ela não existir em cada indivíduo para que se revele nos relacionamentos.
Paz é mais que um estado mental. É um estado espiritual. É por isso que não pode ser atingida por meio de drogas (comprimidos, bebidas, pó, pedra). É por isso que não pode ser alcançada por meio da busca desesperada por prazeres. O homem precisa de paz e não pode alcançá-la por si só. O homem não pode levar paz a outros homens por sua própria conta, pois não é capaz de conquistá-la por sua própria força.
Muitos pensam que encontrarão paz esvaziando-se de si mesmos, limpando a mente, ficando zen. Não é assim. A paz existe. A paz não é a ausência das coisas, antes é a presença de um “elemento” que transforma as coisas e a nossa condição. É por isso que a momentânea tranquilidade da yoga rapidamente se esvai quando você volta para a realidade cotidiana.
Depois de falarmos sobre o que a paz não é, temos que pensar sobre o que ela é.
A paz é um estado espiritual que transborda para um estado psicológico e se manifesta na vida do homem. A paz é ausência de guerra interior que só acontece quando temos paz com Deus. Como ter paz interior estando brigados com Deus? O pecado nos coloca em guerra contra Deus e só teremos corações tranquilos nos reconciliando com Deus. Não podemos nos reconciliar com Deus porque não podemos vencer o pecado e por consequência não há paz interior. Se não há paz interior nunca haverá paz inter-relacional.
O único modo de você encontrar paz é entregando sua vida ao “Príncipe da Paz”: a Jesus. Só Ele pode te reconciliar com o Pai, pois só Ele venceu o pecado e a morte. A Bíblia diz que “O Senhor dá força ao seu povo, o Senhor abençoa com paz ao seu povo” (Salmo 29. 11). A paz que você procura só pode ser encontrada em Cristo. A Paz que Êle pode te dar é maior do que a paz que você pode definir, ou seu coração pode sonhar. Pare de tentar convencer-se de que você não precisa de Cristo. Você está tentando do seu jeito e não está dando certo. Tente confiar em Jesus e você verá que a paz é possível, palpável, real e melhor do que você pensava.
Buda disse que “A paz vem de dentro de você mesmo. Não a procure à sua volta”. Paz é um estado interior, mas ela não vem de dentro de você. A fonte da verdadeira paz é o Senhor Deus. O doador da paz perfeita é Jesus. Não pode haver paz plena para você se, do alto, Deus não derramá-la. Buda errou. Ele sabia onde não procurar: “à sua volta”. Mas, ele não sabia onde procurar. Quando Jesus concluiu sua obra para nos salvar, Ele retornou para o Pai, para o céu, mas nos deixou uma promessa maravilhosa. Ele garantiu que o Espírito Santo cuidaria de nós de um modo especial (dos que creem NEle) e que teríamos a mais preciosa paz. Ele disse:
“Deixo com vocês a paz. É a minha paz que eu lhes dou; não lhes dou a paz como o mundo a dá. Não fiquem aflitos, nem tenham medo” (João 14. 27).
Jesus nos explica que o mundo até nos apresenta uma paz. É uma paz passageira, momentânea, efêmera, ilusória, que não se pode tocar. Mas, o mundo tem uma oferta de paz. Em contrapartida à paz desse mundo, Ele nos promete a verdadeira paz que o mundo não é capaz de dar. Opte pela paz de Jesus! O único modo de você ter paz de verdade é não tendo mais aflição, medo. A única maneira de você não viver mais com medo é provando do amor de Jesus. A Bíblia diz que “No amor não existe medo; antes, o perfeito amor lança fora o medo. Ora, o medo produz tormento (falta de paz); logo, aquele que teme não é aperfeiçoado no amor” (1 João 4. 18). Para ser aperfeiçoado no amor, receber o perfeito amor, viver em amor, você precisa se entregar inteiramente a Cristo. Então você terá PAZ.
A paz de quem conhece a Cristo não é um esvaziar-se. Deixamos que o Senhor nos esvazie do mal para nos encher Dele, de Sua presença, de Seu Espírito. A paz de quem conhece a Cristo não se esvai com as circunstâncias ao redor. Em Cristo nossa paz permanece firme enquanto podemos ser instrumentos de transformação de nosso meio.
Nossa paz não consiste em não termos problemas. Ela advém da maravilhosa verdade de que temos relação íntima com Aquele que nos faz vencer todos os problemas.
Aceite a verdade de que você precisa de Cristo e que só Ele pode te dar paz. Receba em seu coração a Verdadeira Paz. O que vai acontecer em sua vida é aquilo que está poetizado em uma velha canção:
“Cada estrada em que eu andei
Eu pensei: daria certo.
Toda a terra em que habitei
Terminou em um deserto.
Quando Deus achou-me em trevas, disse: Haja luz!
Quando Deus achou-me em guerras, disse: Haja paz!
Quando Deus achou-me em negras nuvens de tribulações
Fez nascer um arco-íris no céu do meu coração.
Toda vez que eu tive sede, Ele deu-me de beber,
Água viva deu-me de beber”.


Juberto Oliveira da Rocha Júnior (Rev. Juba)
Nova Era (MG), 18 de maio de 2012.