terça-feira, 29 de setembro de 2009

A JABUTICABEIRA


Um jovem se aproximou de um senhor idoso e perguntou:

- Que planta é esta que o senhor está cuidando?

- É uma jabuticabeira, respondeu o velho.

- E ela demora quanto tempo para dar frutos?

- Ah, pelo menos uns quinze anos, explicou o homem.

Indigado e irônico, o jovem indagou:

- E o senhor espera viver tanto tempo assim?

- Não, não creio que viva tudo isso, pois já estou no fim da minha jornada, disse o ancião.

- Então, que vantagem você leva com isso, meu velho?

E o velhinho respondeu calmamente:

- Nenhuma, exceto a vantagem de saber que ninguém comeria jabuticabas, se todos pensassem como você...

Que seria de nós, se não plantássemos hoje a semente que servirá de alimento amanhã? Não podemos nos voltar somente para nós mesmos. Temos que pensar, também, nas gerações que estão por vir. Temos que dar nossa colaboração. Muitas medidas tomadas hoje repercutirão no futuro. Tomara que você sinta orgulho de poder fazer, de alguma forma, parte dele e ter dado a sua contribuição.

150 anos de IPB. Eu parei para pensar na "Jabuticabeira" plantada há 150 anos atrás. Quantas pessoas comeram ou até mesmo são os frutos dessa "Jabuticabeira".

Se os nossos irmãos do passado não tivessem plantado...

Se outros irmãos não tivessem regado e podado...

Olha quanto coisa não seria o que é hoje!

Deus nos chama nas "aparentes pequenas coisas", e quando nos damos conta do que fizemos, vemos que o que Deus nos pediu não eram pequenas coisas e sim coisas maravilhosas demais, além do nosso entendimento.

Então, se você sentir que Deus te chamou para fazer alguma coisa hoje, não questione o resultado. Por mais que você tente, não terá idéia da dimensão e nem da influência disso no futuro. Deus sabe no que isso vai dar! Por isso te chamou e confiou a você tal obra!

Postado por um ouvinte no chat da IPB Rádio Web